top of page
  • Foto do escritorJuliana Sales

O labirinto da MG-030


Os transtornos da obra de duplicação da MG-030 não parecem estar perto de acabar. Pelo menos é a constatação de muitos nova-limenses que transitam diariamente na via e convivem com todos os problemas dessa obra interminável. Uma das consequências de uma obra atrasada desse porte são os inúmeros paliativos e alternativas para contornar a situação até que enfim os trabalhos sejam concluídos. Mas quando termina? É uma das dúvidas que a população merece saber. Do outro lado, a insegurança que gera nos motoristas que precisam passar todos os dias em uma via repleta de armadilhas.


Em menos de um mês, dois acidentes na MG-030 foram provocados pela sinalização precária no trecho que deveria estar duplicado. Nas duas situações, os motoristas invadiram a contramão e provocaram a colisão. Os principais problemas são relacionados à ausência de placas e indicação ineficiente dos desvios que acabam aumentando os riscos dos acidentes. Se à luz do dia, a situação coloca em risco os motoristas, à noite, tudo piora. A verdade é que em qualquer via estamos sujeitos a riscos de acidentes, mas diante de um labirinto cercado por cavaletes e cones, não tem bastado somente a atenção do motorista. E essa é a realidade de hoje da MG-30: obra atrasada, sem data de conclusão, com vários aditivos sem uma justificativa, sinalização inadequada e vários outros pontos que precisam ser esclarecidos.


Uma cidade como Nova Lima não merece passar por isso. Sigo no meu papel de fiscalizar e acompanhar de perto todos os desdobramentos dessa obra de duplicação.


Comments


bottom of page